II EVENTO EM COMEMORAÇÃO AO DIA DA LUTA ANTIMANICOMIAL

Abertura – 19h às 19h15 

Profa. Ana Carine Arruda Rolim – Enfermeira especialista em Educação Permanente pela UFRGS, mestre em Saúde Coletiva pela Unifor e doutoranda em Saúde Coletiva pela Unicamp. Pesquisadora na área de saúde pública com ênfase em Atenção Primária à Saúde. Professora do curso de Enfermagem da FAM – Faculdade de Americana.

Mesa – 19h15 às 21h20

Mediadora: 

Profa. Ana Carine Arruda Rolim – Enfermeira especialista em Educação Permanente pela UFRGS, mestre em Saúde Coletiva pela Unifor e doutoranda em Saúde Coletiva pela Unicamp. Pesquisadora na área de saúde pública com ênfase em Atenção Primária à Saúde. Professora do curso de Enfermagem da FAM – Faculdade de Americana.

Convidados:

Lara de Sousa Blanes – Psicóloga formada pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas, militante da Luta Antimanicomial, ativadora de Rede de Saúde Mental álcool e outras drogas do Município de Cerquilho pelo Ministério da Saúde. Atua como psicóloga no CAPS AD Jundiaí.

Rafael Lustosa Ribeiro – Enfermeiro, mestrando em Clínica Médica na concentração Educação em Saúde na Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp. Especialista em Educação em Enfermagem e Educação à Distância. Experiência profissional em Saúde Mental e processos de educação e compreensão das patologias mentais.

Ed Carlos de Faria – Psicólogo graduado pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas. Mestrando de Ensino em Saúde no Programa de Clínica Médica da Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp. Especialista em Saúde Mental e Saúde Coletiva também pela Unicamp. Tendo estudado os conceitos de fatalismo, consciência e alienação no discurso de trabalhadores organizados em movimentos sociais. Atualmente estuda políticas públicas voltadas a questão de álcool e outras drogas, em especial a estratégia de redução de danos, é membro fundador do Laboratório de Estudos Interdisciplinares sobre Psicoativos (LEIPSI), além de atuar em um CAPS AD na cidade de Campinas. Faz parte do Movimento Nacional da Luta Antimanicomial e do Fórum Popular de Saúde.

Alexandre Ceconello Marinho – Mestrando em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e graduado em Psicologia pela Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP), realizou pesquisas de Iniciação Científica e Monitoria de Disciplinas ligadas ao campo da Saúde Mental. Desde 2011 é psicólogo concursado na Prefeitura Municipal de Santa Bárbara DOeste, SP. Já atuou em serviços de Saúde Mental, em Unidades Básicas de Saúde e No Programa de DST/AIDS. A partir de 2013, assume a coordenação do Programa de Saúde Mental do município, iniciando um processo de Reforma Psiquiátrica, através da implantação de Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) e da articulação da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS). Tem pesquisado e atuado principalmente nos seguintes temas: Políticas Públicas de Saúde, Saúde Mental, Sexualidades, Violências, Educação e Subjetividades.

Renata Magalhães – Psicóloga da Rede de Saúde Mental de Campinas. Mestra e Doutoranda em Saúde Coletiva pela Unicamp. 

Tema: “QUE OS MANICÔMIOS NÃO SE REPITAM, QUINZE ANOS DEPOIS DA LEI 10216... A LUTA CONTINUA...”

Dia: 11/05/2016 (quarta-feira)

Horário: 19h00 às 22h10

Local: Auditório Jamil Salomão – Faculdade de Americana


Deixe o seu comentário