Acolhimento como prática psicológica no contexto de um centro de Atenção Psicossocial em álcool e drogas

Por:Renato Luis Zini - Faculdade de Americana

A pesquisa objetivou apreender fenomenologicamente a experiência de pessoas atendidas em um Centro deAtenção Psicossocial em Álcool e Drogas no contexto da prática de Acolhimento. A estratégia de análiseconsistiu na construção de narrativas intersubjetivas que possibilitaram descrever, compreender einterpretar elementos da experiência vivida pelos clientes. A síntese das narrativas evidenciouelementos significativos: sentimentos ambivalentes sobre o consumo de drogas; esperança de recuperação;percepção distorcida em relação a si mesmo, denotando dificuldade no contato com a realidade;importância dos relacionamentos interpessoais no desencadeamento da dependência às drogas e também noprocesso de recuperação; angústia como elemento desencadeador para buscar ajuda profissional. Foiconstatada a relevância de se disponibilizar um encontro dialógico como facilitador para que o clientepossa resgatar o contato consigo mesmo de maneira mais realística e assim aderir ao tratamento.

Palavras-chave: psicologia fenomenológica; humanização da assistência; psicologia humanista; centroscomunitários de saúde mental; pesquisa qualitativa.

Veja artigo completo em Memorandum